top of page

A Providência Espiritual no Pantanal

Updated: Feb 24, 2022

Segundo testemunho de Peter Paulo Alves Pinheiro


(Notas do editor: O conteúdo original foi recebido como arquivo de áudio em agosto e foi transcrito, mas posteriormente foi adicionado mais conteúdo de uma entrevista direta com o autor em janeiro de 2022.) Leia aqui o primeiro testemunho.

(Você pode apoiar Peter Paulo se inscrevendo em seu canal no Youtube!)


Prefácio

O primeiro testemunho publicado foi um ato de desespero para salvar Salobra e Nabileque. Mesmo agora, é muito difícil fazer as pessoas entenderem a importância desses Campos Sagrados e a providência com a qual se relacionam.

Antes que o primeiro depoimento fosse escrito, o Hotel Americano em Nabileque já havia sido saqueado e incendiado. Meu coração está dilacerado. Chorei até não ter mais lágrimas. Eu não consigo enfatizar o suficiente, para que o mundo venha a saber o que aconteceu aqui em Salobra e Nabileque. Isso é uma garantia, e sou testemunha de tudo o que está acontecendo. A população local sabe o que realmente aconteceu e todos são testemunhas, tanto em Salobra quanto no Nabileque. Hoje, essas pessoas sabem quem é o Reverendo Moon, o homem que passou por esta região.


Continuarei produzindo mais depoimentos sobre o que aconteceu no Pantanal parte por parte, através de pessoas que possam transcrevê-los e traduzi-los. Coisas fantásticas aconteceram dentro do barco do Verdadeiro Pai no Pantanal. Se você está realmente interessado na Providência Oceânica - na verdade você precisa se interessar - você precisa saber a verdade do que realmente aconteceu aqui no Pantanal.

No futuro, estou me preparando para falar sobre:

  • Como o Verdadeiro Pai libertou Deus

  • Por que o Verdadeiro Pai separou a Providência de Jardim da Providência do Pantanal

  • O retorno de Jesus na providência espiritual no Pantanal

  • Os 360 milhões de casais abençoados, e como a bênção foi possível.

  • Como ocorreu a Libertação do Inferno e a abertura dos Portões entre o Céu e o Inferno, passo a passo.

  • Como pessoas como Hitler e Buda foram resgatados e trazidos de seu nível espiritual anterior. Vou explicar como eles aceitaram o Verdadeiro Pai como o Messias.

  • Como os criminosos foram abençoados.

  • O processo de perdoar Maria Park.

  • Sobre o momento em que o Verdadeiro Pai foi reconhecido e declarado Rei, e como Ele alcançou a posição de Rei, começando da posição de servo dos servos.

  • O que aconteceu nestas terras sagradas, depois que o Verdadeiro Pai partiu em 2001. Como trabalhei para preservar a história e como estudei a história para encontrar uma maneira de transmitir tudo desde então.

Mas há coisas sobre as quais não posso falar por enquanto. O Verdadeiro Pai me disse para não compartilhar algumas coisas até que eu tenha 60 ou 70 anos, até que nenhum dos meus cabelos negros permanecerem. Por que Ele disse tal coisa? Por que só as gerações futuras entenderiam? É porque mesmo quando o Verdadeiro Pai falou abertamente sobre isso, as pessoas não entenderam. Se as pessoas não entenderam o Reverendo Moon, como elas me entenderiam?

No entanto, vendo as coisas que estão acontecendo agora, principalmente entre as pessoas daqui que menosprezam a história do Pantanal, resolvi trazer mais detalhes sobre essa providência. Portanto, esta mensagem é uma preparação para as coisas que quero transmitir no futuro. Quero lembrar aos leitores que este testemunho pertence à Providência Oceânica e à Providência Pantanal.

DEVEMOS PRIMEIRO ABRIR NOSSOS CORAÇÕES

Como podemos entender o Verdadeiro Pai e a Providência?

Nikola Tesla disse que se estudarmos energia, frequência e vibração, podemos descobrir coisas incríveis sobre o universo. Hoje, vejo que o coração e a mente das pessoas estão fechados. O Verdadeiro Pai disse que “as pessoas podem aprender coreano, mas não entenderão tudo; mas se abrirem o coração, tudo entenderão”.

Jesus sempre falou sobre Seu próprio coração, o “Coração de Jesus”. Existe até uma imagem onde Jesus está segurando “Seu próprio Coração” para mostrar às pessoas. Por que Ele tirou “Seu Coração”? O que Ele queria mostrar às pessoas com Seu Coração? É porque o coração é a essência, o sentimento de amor, e esse sentimento de amor era o que faltava às pessoas.

Como Deus se comunicou com Adão e Eva antes da queda? Por 120 anos, Noé manteve seu coração fiel a Deus para construir a Arca - como você acha que Noé poderia falar com Deus, sendo que Ele é invisível?

Foi através do coração. Deus não tem voz, então você precisa abrir seu coração. É através do sentimento do coração e da consciência, que está fortemente ligada ao coração, que podemos nos comunicar com Deus. Se você ouvir sua consciência, poderá sentir em seu coração se deve fazer isso ou aquilo, ou se isso é bom ou ruim. Você pode sentir isso. Mas muitos não sentem isso em seu coração. Eles apenas ouvem a mente, pensando que a consciência está relacionada à mente.

Uma pessoa pode ser muito inteligente, mas se não tiver coração, só pode ser inteligente. Isso não dá a capacidade de conhecer verdadeiramente a Deus, de compreender verdadeiramente a essência de Jesus, do Verdadeiro Pai, se uma pessoa é apenas inteligente. Ter inteligência não é garantia de conhecer a Deus; se fosse esse o caso, então aqueles que foram para a universidade, obtendo doutorados, não cometeriam crimes como muitos fazem hoje.

Por outro lado, uma pessoa de bom coração e sem corrupção é uma pessoa da natureza. Ele leva uma vida simples, mas em seu coração há Deus. Para entender o Verdadeiro Pai e o que aconteceu no Pantanal, você deve ter uma mente aberta e um coração aberto.

Eu mesmo não tenho certeza se abri meu coração, mas o Verdadeiro Pai me autorizou a experimentar tudo, a ser uma testemunha. Ele me disse: “Você teve permissão para ver e sentir tudo o que experimentou aqui. Por favor, preserve esta experiência - é tão preciosa. Leve isso adiante, para a humanidade. Você é Peter Paulo, Pedro e Paulo, dois em um - nunca se esqueça disso, por favor cuide e estude isso.” Eu costumava pensar que isso significava fazer uma faculdade ou ir para universidade, mas não, isso significava que eu precisava estudar sobre essa Providência.

COMO O VERDADEIRO PAI SE COMUNICA

O Verdadeiro Pai explicou que se alguém se conectasse com “Seu coração”, então no decorrer de sete anos, Ele faria coisas incríveis.

Houve uma ocasião em que o Verdadeiro Pai estava orando, e perguntei ao Presidente Kim sobre o que o Verdadeiro Pai estava orando, já que Ele balançava o corpo enquanto orava. O Verdadeiro Pai, mesmo durante a oração, era muito sensível e, por mais baixo que eu falasse, Ele levantava a cabeça e perguntava sobre o que eu estava falando. Ele queria ouvir tudo o que eu dizia porque queria saber tudo sobre o Pantanal.


Quando o Presidente Kim explicou que eu estava perguntando sobre a oração do Verdadeiro Pai, ele se virou para mim. O barco em que estávamos na época era de alumínio e tinha 6 metros de comprimento. Ele se virou e começou a falar, mas minha cabeça doía de tanto tentar entender. Ele viu isso, então tentou ainda mais se comunicar comigo para que eu pudesse entender.

As pessoas sempre perguntam como eu me comunicava com o Reverendo Moon, mas a pergunta deveria ser formulada de forma diferente. Na verdade, não era minha capacidade de entendê-lo, mas, na verdade, era a capacidade do Verdadeiro Pai de se comunicar comigo. Não era comunicação verbal, era comunicação de sentimentos e de Coração.

Ele havia me dito que antes de vir ao Pantanal, Ele orou para que em mil anos, tudo que estivesse relacionado a Satanás fosse eliminado. Eu pensei que se os membros soubessem dessa oração, eles não iriam querer continuar a seguir a igreja porque quando mil anos se passassem, nenhum de nós estaria mais aqui. Ele me disse: “Mas porque eu vim para o Pantanal, conheci o Pantanal, agora tudo pode ser resolvido em um piscar de olhos”. Nesse momento, Ele piscou os olhos para expressar esse ponto. Ele então disse: “Em sete anos, tudo será resolvido”. Ele moveu o dedo para desenhar o número sete e depois moveu as mãos para expressar a unidade.

Embora as pessoas chamassem o Verdadeiro Pai de velho, pensei: “Velho o Reverendo Moon?” Eu me considerava forte, mas para seguir o Verdadeiro Pai tinha que ser brutalmente sério. Por causa disso, não havia ninguém que pudesse seguir Sua rotina e, para mim, eu me sentia desafiado e orgulhoso. Então, sempre que ele dizia que queria ir a algum lugar, eu queria ter certeza de que estava lá antes dele. Quando eu chegava lá, Ele chegava em três a cinco minutos, e parecia uma competição. Quanto mais eu fazia isso, mais o Reverendo Moon gostava.

Eu não fazia corpo mole. Para mim era uma aventura porque eu estava envolvido com essa questão espiritual, e sempre quis ver mais. Eu estava curioso e queria ver tudo o que Ele podia ver. Vi que o Verdadeiro Pai precisava de ajuda - ele estava na minha frente e, como sou espiritualmente sensível, vi que Ele estava resgatando pessoas. Mas não consegui dizer nada a ninguém. Então, uma maneira que eu tentei consolá-lo foi sempre me envolver com Ele. Sempre que eu saía do barco, era muito difícil. Era como se eu voltasse para a realidade, então eu sentia muita falta Dele, e até hoje eu ainda sinto.

A fim de nos comunicarmos com Deus e os Verdadeiros Pais, precisamos usar nossos corações. O Verdadeiro Pai fez tanto esforço para se comunicar comigo através da linguagem Do Coração, e eu também tentei me comunicar com Seu Coração.

A IMPORTÂNCIA DO CAMINHO PARA CHEGAR AO DESTINO

Quando ouvi que o Reverendo Moon oficiou casamentos para muitas pessoas, e vi fotos de estádios cheios de pessoas vestidas e casadas, pensei: “Mas este homem está aqui pescando no meu barco. Eu vejo coisas no fundo do rio com Ele e não tem nada a ver com o que está acontecendo nesta foto.” Em essência, era totalmente diferente.

Uma coisa que devemos entender é que muitas vezes vemos o que o Verdadeiro Pai alcançou, mas não vemos e apreciamos o caminho que Ele teve que percorrer para alcançá-lo. O Verdadeiro Pai fez muitas declarações oficiais, depois de ter completado as condições necessárias.


Sempre havia caminhos difíceis que Ele tinha que percorrer antes de chegar ao destino. Por exemplo, o Verdadeiro Pai começou na posição de servo de servos e fez as condições e alcançou a posição de Rei aqui no Pantanal, mas Ele recebeu a coroa na Coréia. Então a coroação aconteceu em um dia, mas isso foi apenas um resultado. Durante o tempo em que o Verdadeiro Pai criou enormes condições espirituais no Pantanal, eu estava lá no mesmo campo, assistindo e participando com Ele.

Se você tivesse lido meu primeiro testemunho sobre Salobra, você saberia sobre a condição de três dias quando o Verdadeiro Pai procurou um sinal em Salobra. Naquele dia, o Verdadeiro Pai disse: “Hoje, eu vim aqui e ficarei por três dias. Vim buscar um sinal e, se não o encontrar em três dias, partirei para a África e talvez nunca mais voltarei aqui. Você entende sua responsabilidade?”

Expliquei-lhe então que o rio Miranda não tinha peixes e que precisávamos ir para o rio Salobra. Havia um lugar onde um homem ainda estava para pisar, e quando o Verdadeiro Pai ouviu isso, Ele ficou tão feliz. Ele imediatamente quis ir lá e encontrar este lugar. Então nós fomos. É verdade que nenhum barco jamais havia entrado ali, e pudemos passar. Quanto aos detalhes sobre esta viagem, vou compartilhá-los mais tarde. No entanto, o sinal que Ele precisava encontrar não tinha nada a ver com este lugar onde nenhum homem ainda entrou.

Por três dias, Ele continuou a procurar o sinal e enfatizou que, se não o encontrasse, partiria para a África. Mas que sinal era este que Ele estava procurando?

Demorou cerca de três horas e meia para chegar lá de Salobra até os primeiros pontos de pesca, e conforme ia subindo ia ficando mais longe e levava cerca de quatro horas e meia para voltar para o Salobra, para voltar ao Hotel Salobra. Finalmente, no terceiro dia, à tarde, depois das 15h30, quando já estava quase na hora de voltarmos, ele pegou um pacu.

Assim, ao final dos três dias, Ele conseguiu pegar um pacu. Esse foi o resultado, mas o mais importante para o Verdadeiro Pai foram as condições e o caminho que levou à captura do pacu.

O que Ele estava realmente procurando? Ele precisava de alguém que fosse sério para assumir a responsabilidade pelo caminho que Ele precisava tomar. Então, quando o Verdadeiro Pai encontrou tal pessoa e pegou o pacu como resultado, Ele decidiu ficar aqui e não partir para a África, porque este sinal significava que a Providência poderia se estabelecer aqui no Pantanal.

Naquela época, havia uma outra pessoa no barco durante esses três dias. Seu nome era Ku Bae Pak. Ele era do Uruguai e estava comigo e com o Verdadeiro Pai quando fomos pescar nos primeiros dias de pesca em Salobra. Depois que a condição de 3 dias foi completada, eu ouvi que o Verdadeiro Pai tinha ido para o Alasca, e quando Ele voltou, Ele tinha todo o seu equipamento de pesca com Ele. Ele parecia uma pessoa diferente, Ele estava completamente sério.

Assim começou o aspecto espiritual da providência do Pantanal.

OS DOIS ASPECTOS DA PROVIDÊNCIA PANTANAL

Quais eram os objetivos da providência no Pantanal? Como o Verdadeiro Pai explicou muitas vezes em São Paulo e em Jardim, um dos objetivos na América do Sul e no Pantanal era estabelecer uma vila ideal, uma nação, e restaurar o Jardim do Éden. Isso foi explicado na Declaração de São Paulo no início do segundo curso de 40 anos, em 31 de março de 1995.


A providência no Pantanal era composta de dois lados: espiritual e substancial.

A providência substancial começou em Jardim, na Fazenda New Hope, como um esforço para construir uma nação substancial e física no Pantanal. Seriam três etapas de Jardim, Salobra e Nabileque. Salobra e Nabileque estão localizadas no Pantanal, o maior pantanal do mundo.

O Verdadeiro Pai queria estabelecer a nação no Pantanal, que Ele às vezes se referia como uma “Vila Ideal” ou Jardim restaurado do Éden. Como nação, tínhamos que ter uma terra física. Isso tinha que ser em um lugar onde nenhum homem havia tocado.

Desde que Deus perdeu a humanidade devido à Queda, Deus não tinha lugar na terra para ficar. Deus não tinha uma nação onde pudesse habitar. Assim, o objetivo principal dessa providência substancial era estabelecer uma nação real para Deus.

Esta nação deveria se estabelecer finalmente no Pantanal, mas começou primeiro em Jardim. As etapas da providência substancial para estabelecer a nação foram começar em Jardim, passar por Salobra e terminar em Nabileque.

A PROVIDÊNCIA ESPIRITUAL DO PANTANAL

A providência espiritual inclui o estabelecimento da nação espiritual, a libertação do Inferno, a subjugação natural de Satanás, a libertação de Lúcifer e a libertação de Deus. O estabelecimento da nação espiritual foi feito com base no casamento de 360 ​​milhões de casais.

Dentro de sete anos, o Verdadeiro Pai foi capaz de resolver tudo na providência espiritual do Pantanal. Nesses sete anos, Ele até libertou Deus aqui. O Verdadeiro Pai disse que cada ano que Ele passava no Pantanal era igual a dez anos de Sua vida, então dedicar sete anos no Pantanal era igual a dedicar 70 anos aqui. Várias vezes, o Verdadeiro Pai mencionou isso, e é por isso que Ele nunca poderia perder um segundo.

Como poderia acontecer a libertação de Deus? Deus só pode ser libertado quando o Inferno for libertado e a maior fonte de Sua dor, Satanás, se arrepender verdadeiramente e retornar como Lúcifer. Durante o tempo em que o Verdadeiro Pai conduziu a providência espiritual no Pantanal, Ele estava meticulosamente dando os passos para este grande objetivo, junto com Jesus.


Uma das tarefas importantes que o Verdadeiro Pai realizou no Pantanal foi perdoar Maria Park. Ela foi a que falhou como João Batista e foi a grande responsável pelo cristianismo rejeitar o Verdadeiro Pai na Coreia do Sul. Perdoar Maria Park foi uma coisa muito difícil de fazer para o Verdadeiro Pai porque Ele teve que estabelecer a Igreja da Unificação e trilhar o caminho do primeiro curso de 40 anos por causa dela e dos cristãos coreanos que O rejeitaram. No entanto, o Verdadeiro Pai teve que perdoar Maria Park para provar o Amor Verdadeiro como Verdadeiros Pais de toda a humanidade. Ele precisava passar por esse caminho antes que pudesse libertar Lúcifer. Falarei mais sobre Maria Park no futuro.

Como o Verdadeiro Pai conseguiu a subjugação natural de Satanás? Antes que o Verdadeiro Pai viesse ao Pantanal, Ele se encontrou com as figuras físicas centrais de Satanás como Mikhail Gorbachev e Kim Il Sung, desarmando-os com o Amor Verdadeiro.

Quando Ele veio ao Pantanal, Ele libertou os piores criminosos do Inferno, que eram as figuras espirituais centrais de Satanás, novamente com Amor Verdadeiro. Assim as influências de Satanás estavam sendo desativadas uma a uma pelo Verdadeiro Pai tanto no mundo físico quanto no espiritual. Satanás também sentiu o Amor Verdadeiro do Verdadeiro Pai através deste processo. Quando Satanás viu que a nação espiritual estava sendo feita através dos 360 milhões de casais, Ele perdeu a vontade de lutar contra o Verdadeiro Pai. Foi assim que Satanás caiu em Salobra em 21 de março de 1999.

Após a subjugação natural de Satanás, Lúcifer foi libertado e Deus finalmente pôde encontrar Lúcifer que se arrependeu diante dele. Em 14 de maio de 1999, quando Deus chegou ao quarto 14 do Hotel Americano em Nabileque, onde o Verdadeiro Pai e Satanás estavam esperando, Sua luz parecia pequena e eu senti que Ele estava envergonhado pela situação. No entanto, depois que Satanás se curvou e se levantou brilhando como Lúcifer, a luz de Deus começou a brilhar com muita força. Assim, Deus também foi liberado naquele momento.

A Providência do Pantanal é de água e espírito, e a Providência de Jardim é de terra e substância. A providência espiritual é libertar Lúcifer, libertar Deus e estabelecer o jardim espiritual do Éden e a nação espiritual. O Pai completou esta tarefa em 7 anos. Tudo foi feito.

A providência substancial é a providência para libertar a humanidade. Isto é o que resta a fazer.

A SEPARAÇÃO DA PROVIDÊNCIA NO JARDIM E NO PANTANAL

No início de 1997, o Verdadeiro Pai ofereceu uma oração para separar as providências de Jardim e Pantanal. O Verdadeiro Pai sempre me explicou no barco que Jardim e Pantanal deveriam ser separados. Quando ocorreu essa separação, Jardim representava a providência substancial e o Pantanal representava a providência espiritual.

Por que essas duas providências precisavam ser separadas? Uma razão era que havia muitos problemas com a providência substancial que começou em Jardim. Originalmente, essas duas providências deveriam estar unidas. No entanto, quando o Verdadeiro Pai viu que a providência substancial em Jardim poderia demorar muito, Ele decidiu separá-la da providência espiritual, para que Ele pudesse completar a providência espiritual em 7 anos.


O Verdadeiro Pai também disse que para resolver alguns problemas no mundo físico, devemos primeiro consertar o mundo espiritual. Assim, a subjugação espiritual de Satanás e a libertação de Lúcifer deveriam ser restauradas primeiro no Pantanal (Salobra e Nabileque) antes da providência substancial para estabelecer a nação física a partir de Jardim.

Então o Verdadeiro Pai completou a providência espiritual naqueles 7 anos. Chegou ao Pantanal como servo dos servos, mas saiu vitorioso como Rei. Embora a providência substancial para estabelecer a nação no Pantanal não tenha avançado corretamente, eventualmente, isso precisa acontecer e a providência espiritual e a providência substancial devem estar unidas.

A providência espiritual permitiu que o aspecto espiritual do Jardim do Éden fosse restaurado; Os Verdadeiros Pais permanecem como Adão e Eva, Lúcifer está retornando à sua posição original, e Deus foi libertado. No entanto, o verdadeiro jardim do Éden não foi restaurado. Deus foi libertado, mas Ele ainda não tem uma nação para residir nesta terra. A providência substancial para estabelecer a nação do Pantanal precisa ser completada para este fim.

A PROVIDÊNCIA DA ÁGUA COMEÇOU NO TEMPO DE NOÉ

A Providência da água, a Providência Oceânica e a Providência do Pantanal são uma só.

Quando analisamos a história de Jesus, Ele também estava envolvido com a Providência Oceânica. Ele cresceu como carpinteiro em uma carpintaria. O que você acha que Jesus fez dos 12 aos 33 anos de idade? Ele estava construindo barcos para estabelecer a Providência Oceânica, assim como o Verdadeiro Pai estava. Jesus estava se preparando para isso, mas devido a muitos problemas naquela época, Ele não pôde seguir esse caminho. O fato de Jesus estar envolvido nessa providência é conhecido por muito poucas pessoas.

É difícil explicar a profundidade e a amplitude da Providência Oceânica.

Há a história do Verdadeiro Pai fugindo da Coreia do Norte através de um rio com uma pessoa nas costas. O Verdadeiro Pai disse que mesmo este exemplo mostrava a Providência Oceânica em ação. Isso representava o Verdadeiro Pai andando sobre as águas resgatando uma pessoa onde Satanás não pode seguir seus passos.


Certa vez, resgatamos algumas pessoas presas na beira de um rio no Pantanal. O barco deles havia quebrado e levou muito tempo para que as pessoas voltassem ao acampamento. Naquela noite fria, eles ficaram encalhados no meio do nada com mosquitos e perigo de onças, sem lanternas.

Naquela época, o povo da região pensava muito mal do Reverendo Moon, mas tínhamos que ajudá-los mesmo assim. Nós os carregamos de volta para um lugar seguro. Foi nesse dia que a Providência Oceânica foi representada e mostrou que o Verdadeiro Pai tinha a capacidade de carregar toda a humanidade com todos os Seus outros fardos. Assim como Ele fez na Coréia, Ele fez aqui no Pantanal.

Anteriormente, eu já descrevi como o Verdadeiro Pai pescava em um barco para resgatar criminosos como Hitler. Mas por que o Verdadeiro Pai resgatou os espíritos pelo ato de pescar em um barco? A razão pode ser explicada observando como a Providência Oceânica começou. Na verdade, a Providência Oceânica começou na época de Noé. Foi a primeira providência de Deus depois que a família de Adão falhou.

Quando Caim matou Abel pela primeira vez, e quando outras pessoas morreram, para onde foram esses espíritos? Eles não estavam preparados para ir para o céu, mas também não havia inferno. Deus não planejou ou quis criar um inferno.

Então, se as pessoas não podiam ir para o céu nem para o inferno, onde esses espíritos ficaram? Eles estavam se misturando com pessoas terrenas e eram essencialmente cegos - eles não tinham mais a capacidade de comungar com Deus, eles não podiam falar com Ele, então eles ficaram aqui na Terra. O mundo naquele momento era tão pecaminoso e cheio de maldade, e isso se tornou uma das razões do grande dilúvio. Não era apenas para limpar aquelas pessoas perdidas que estavam na Terra, mas também porque havia tantos espíritos malignos na terra que precisavam ser lavados.

Quando a água os inundou, os próprios espíritos perceberam os erros que cometeram, e se sentiram nus e quiseram se esconder. A única maneira de eles se esconderem era ir para o subsolo, e foram os seres humanos que começaram a se esconder dessa maneira. Deus estava acima das águas, então os espíritos que reconheceram que estavam mortos não suportaram estar na presença de Deus. Mesmo que tentassem, eles viram a luz de Deus e, envergonhados, esconderam-se dentro da escuridão.

Foi quando o Inferno foi criado.

Depois do dilúvio, o que aconteceu na época de Noé? Quando Cam pecou contra Noé, eles não estavam mais dentro do barco e já estavam em terra. A Arca ainda estava intacta, e nessa Arca estava a esperança de Deus. Quando o homem deixou o barco e saiu, foi quando eles pecaram. Quando a família de Noé estava na Arca, pela condição que Noé colocou em seu coração sincero, Satanás não pôde entrar na Arca. No entanto, no momento em que os homens pisaram fora da Arca, a terra e o homem ainda estavam sob a influência de Satanás.

A razão para isso, como mencionado antes, é porque Noé estabeleceu uma condição por meio de sua fé e da Arca. Enquanto Deus não podia estar com o homem lá fora, dentro do barco ele podia habitar com eles. Isso porque tudo na Arca era do domínio de Deus. A Arca foi construída a partir da fé de Noé em Deus, e nela, ele colocou toda a criação de Deus. Era ali que Deus podia estar, dentro do barco.

Mas e os peixes que não receberam nenhum julgamento? Isso significa que esses peixes já pertenciam a Deus. Satanás não tinha interesse no oceano - seu interesse era com a Terra, o Jardim do Éden, e ele pouco se importava com a água.

Assim, o barco representava o domínio de Deus. É por isso que o Verdadeiro Pai resgatou os espíritos através do ato de pescar acima da água, em um barco. Quando o Verdadeiro Pai resgata os espíritos do Inferno pelo ato de pescar, trazer o peixe para o barco representa trazer os espíritos de volta ao domínio de Deus. Por que os peixes representam os criminosos? É porque o peixe é puro. Mesmo durante o dilúvio, o peixe não foi julgado. Porque o peixe é puro, eles podem trazer os espíritos ao Verdadeiro Pai.

OS VERDADEIROS PAIS PRECISAM DA NOSSA AJUDA

Durante o tempo em que o Verdadeiro Pai resgatou os criminosos do Inferno, os peixes muitas vezes se emaranhavam com galhos debaixo d'água, e alguém tinha que arriscar sua vida para mergulhar na água e trazer os peixes para o barco. Isso representou o fato de que o Verdadeiro Pai precisa de nossa ajuda para desvendar os problemas complicados em nossa sociedade humana e este processo não é feito facilmente. Devemos ajudar os Verdadeiros Pais mesmo com o risco de nossas vidas, para salvar toda a humanidade.

O Verdadeiro Pai sempre disse: “Se alguém se une a Mim, acredita em Mim, então em sete anos resolverei tudo”. E em sete anos, Ele resolveu tudo, tudo no Pantanal.

É realmente importante para nós sabermos que o Verdadeiro Pai estava procurando por pessoas, mesmo alguém que não conhecesse o Princípio Divino como eu, para ajudá-lo a completar grandes tarefas como libertar os criminosos históricos.

Todos os membros devem entender claramente que Deus e os Verdadeiros Pais ainda estão procurando por pessoas que possam ajudá-los a completar a providência substancial.

FORTE OLIMPO, PARAGUAI

Quero falar um pouco sobre o que vivi fora do barco antes de 1999, quando Satanás se rendeu.

Em 1998, depois de cumprida a primeira etapa dos 360 milhões de casais, houve a abertura dos Portões do Inferno. Foi então que o Verdadeiro Pai me chamou para ir com Ele a Forte Olimpo no Paraguai. (Forte Olimpo é uma cidade muito pequena localizada a cerca de 15 minutos de Nabileque.) O Verdadeiro Pai estava começando ali, os seminários de 40 dias para messias nacionais.


Quando o Verdadeiro Pai simplesmente me pediu para ir a Forte Olimpo com Ele, vi preocupação em Seus olhos e senti que Ele precisava de ajuda - Ele precisava de alguém. Naquele momento, pensei: “Cara, fiz tanto com Ele no Salobra, e agora Ele quer que eu vá para Forte Olimpo. Ele vai me fazer continuar vendo essas coisas estranhas que vejo na água? Mesmo neste rio?”

O rio Nabileque, localizado perto de Forte Olimpo, não é profundo, mas é mais perigoso com piranhas e jacarés (répteis parecidos com crocodilos). Seu significado era mais complicado, e eu não sabia o que mais iria acontecer lá. Mas decidi que o Verdadeiro Pai não me pediria tal coisa sem motivo, e percebi que se eu não fosse, ele precisaria encontrar outra pessoa para me substituir e fazer o que fiz em Salobra. Então decidi ir com Ele. Naquela época, eu não fazia ideia do que iria viver em Nabileque, incluindo o que aconteceu com Maria Park.

Assim que cheguei a Forte Olimpo, pescamos, e no terceiro dia de pesca em Nabileque, o Verdadeiro Pai me perguntou se eu tinha algum assunto urgente que precisava atender lá em Salobra. Eu disse a Ele que não. Ele então me disse que gostaria que eu ficasse e participasse do seminário de 40 dias com os Messias Nacionais. Na época, eu não sabia ou entendia de que se tratava o seminário. Eu também já estava noivo naquele momento e estava me preparando para me casar. Quando Ele disse 40 dias, eu me preocupei em perder minha noiva.

Na época estávamos em um barco Good Go .

Pensei, 40 dias é muito tempo , porque significava que era mais de um mês, mas resolvi ficar. Mas mesmo assim, eu estava procurando uma desculpa para não ficar todo o período.

Antes que eu respondesse se participaria ou não, o Verdadeiro Pai virou-se para mim e disse que se eu ficasse com Ele, então eu seria muito famoso, e Ele me disse isso com um sorriso.

Este era um segredo meu para salvar o Pantanal. A única maneira de salvar o Pantanal era sendo muito famoso.

Quando pilotava barcos de turismo, pegava sucuris e jacarés. Eu queria ser como um Tarzan do Pantanal ou um Crocodile Dundee da Austrália. Eu queria ser chamado de Peter Paulo do Pantanal e ser famoso assim. Mas ninguém sabia disso, e eu nunca compartilhei isso com ninguém.

Eu queria ser famoso para poder fazer algo para proteger o Pantanal. E quando o Verdadeiro Pai olhou para mim com aquele sorriso dele e me disse que ficasse eu seria muito famoso, era como se ele estivesse me dizendo “eu sei o seu segredo”. Mas Seus olhos expressavam outra coisa - Ele não podia me forçar a ficar; tinha que ser natural, como tudo que Ele estava fazendo para subjugar Satanás. Precisava ser natural. Na época, eu não conhecia o Princípio Divino - ninguém me ensinou que Satanás não poderia acusar nada se fosse natural.

Satanás não seria capaz de dizer ao Verdadeiro Pai: “Paulo seguiu você porque conhece o Princípio Divino” ou “Ele seguiu você porque era um membro que seguiu suas instruções”. Satanás não tinha como acusar o Verdadeiro Pai porque ele não havia interferido na minha decisão. Foi tudo muito natural. Não era fé nem obediência. Foi porque eu queria ajudá-lo.

Embora minha noiva entendesse a situação, seus pais e amigos frequentemente acusavam o Verdadeiro Pai de me roubar dela. Então, naquela época, tínhamos que nos certificar de não ouvir essas pessoas. Minha noiva apoiou minha decisão e me disse para ir, e mesmo que eu não soubesse exatamente para onde o Verdadeiro Pai queria que eu fosse, eu sabia que onde quer que ele me chamasse, eu iria.

Então decidi ficar e, no final, não fiquei apenas 40 dias - fiquei cinco meses.

SEMINARIOS DOS MESSIAS NACIONAIS

Por que o Verdadeiro Pai treinou os messias nacionais neste lugar remoto? Por que os messias nacionais e outros líderes da igreja tinham que pescar todos os dias neste lugar?

É porque este lugar é o novo começo, a Origem. Os messias nacionais deveriam herdar a vitória dos Verdadeiros Pais aqui neste lugar central da providência espiritual, e então espalhar o fundamento horizontalmente através do mundo para 160 nações. E os messias nacionais herdariam este fundamento espiritual através da pesca em barcos, como o Verdadeiro Pai havia feito.

Quando decidi participar do seminário de 40 dias para messias nacionais, as pessoas questionaram se eu poderia participar ou não, porque apenas líderes nacionais estavam no seminário. Foi difícil para os líderes entenderem isso, já que eu nem era membro na época. Para muitos, eu era apenas uma criança, e eles perguntavam: “Como ele vai a um seminário destinado apenas a líderes nacionais?”

Na época, o Verdadeiro Pai já havia falado sobre a Origem, Ele me pediu para participar do seminário de 40 dias com os messias nacionais porque precisava de um representante do pantanal Ele me nomeou Messias Nacional do Pantanal. Goste ou não, sou um com o Pantanal, e é por isso que estou ligado a ele.

No seminário, os participantes tiveram que cumprir a tarefa de capturar 40 pacus, 40 dourados, 40 pintados e 40 piauçus, ou boga. No Paraguai chamam de boga e aqui no Brasil chamam de piauçu, ou piau. Esta condição foi decidida em Salobra. O Verdadeiro Pai costumava me perguntar que tipos de peixes existem na região, e tenho os folhetos originais guardados até hoje com uma lista de nomes e fotos dos peixes que o Verdadeiro Pai usou para decidir quais peixes fariam parte da condição .

Em Salobra, usávamos um pequeno barco, e apenas o Verdadeiro Pai e às vezes o presidente Kim estavam comigo no barco. Em Forte Olimpo, usávamos os Good Go’s de 28 pés, e o Verdadeiro Pai convidava de quatro a oito pessoas para irem no mesmo barco. Sempre que terminava a pescaria com o Verdadeiro Pai e ele ia embora de Forte Olimpo eu ficava para pescar e também ajudar os messias nacionais. O Verdadeiro Pai me disse para pescar como os outros participantes do seminário, mas sempre que eu tentava pescar, os outros participantes não me deixavam, dizendo que eu não deveria pescar, mas sim ajudá-los.

Quando o V. Pai retornou para Forte Olimpo depois de alguns dias,Ele perguntou se eu estava pescando e se tinha pescado alguns peixes, respondi que sim, e ele logo perguntou se eu estava anotando os resultados.

Então perguntei ao Verdadeiro Pai se eu deveria pescar como os outros participantes,e se precisava fazer a inscrição, ao que ele respondeu que sim e que não precisava fazer inscrição e somente reportar os resultados da pesca diretamente a Ele (V. Pai) Eu disse a Ele que os líderes não me deixavam pescar, e Ele disse que eu tinha que encontrar uma maneira de pescar. No início, pescava sempre que possível sem registrar minhas capturas. Mas então o Verdadeiro Pai me pediu para escrever quando, onde e o tipo de peixe que eu pescava todas as vezes. Ele me disse para reportar diretamente a Ele e eu tive que pegar 160 deles, 40 de cada espécie.


O primeiro grupo a passar pelo seminário foram os primeiros membros coreanos mais velhos, depois os messias nacionais coreanos, os messias nacionais japoneses e depois os messias nacionais ocidentais. Comecei a participar do seminário junto com os primeiros membros da Igreja da Unificação.

Às vezes, o Verdadeiro Pai saía de Forte Olimpo e não vinha pescar. Não havia salário nem contrato, mas mantive minha promessa de ficar no seminário, ajudei os participantes e pesquei o máximo possível.

Quando os ocidentais chegaram, porém, a temporada de pesca já havia encerrado, então eles não podiam pescar. Naquela época, a pesca na região do Pantanal era proibida durante os meses de novembro, dezembro e janeiro para permitir a recuperação da população de peixes. Esse período é chamado de piracema, durante o qual os peixes nadam rio acima para desovar e se reproduzir.

Os líderes achavam que eu não era obediente, especialmente porque sempre que eles oravam às cinco da manhã, eu não aparecia. Isso porque eu já estava acordado às quatro da manhã, no porto preparando as iscas e os barcos para eles irem pescar. Eles nunca me viram fazer isso. Quando eles me viam no café da manhã, eu rapidamente pegava bolinhos de arroz e depois descia para o rio novamente. Os líderes diziam: “Este acabou de se levantar. Ele só veio para o café da manhã e depois foi embora.” Mas só que eles não acordavam cedo o suficiente para me ver ir ao rio. Só depois de tomar o café da manhã, é que eles subiam no barco e saiam para pescar.

Um dia, um líder me perguntou o que eu estava fazendo lá em Forte Olimpo, e disse a ele que foi o Rev. Moon que me chamou e pediu para ficar ali e. O líder achou que eu era arrogante e perguntou: “Quem é você para dizer que o V. Pai te chamou aqui? Quem é Você?" Percebi que ele estava desinformado.


Eu disse a ele: “Olha, não sei quando, mas um dia você vai ouvir falar de mim”. Ele respondeu: “Estamos aqui pela paz mundial”. E eu disse: “E eu estou aqui pelo o Reverendo Moon. Ele me chamou para vir aqui. Não sei por que ou o que estou fazendo aqui, mas Ele me disse para ficar aqui e estou aqui. Essa é a verdade. Ele me disse para ficar aqui, para participar do seminário e para ficar. É isso."

Então, um dos outros líderes veio até mim com um envelope, me dizendo que eles não precisavam mais de mim. Com isso, eles me mandaram embora com um dinheiro que não dava pra nada. Eu não podia ficar, mas não podia voltar para Salobra, porque não queria que o povo de Salobra pensasse que fui mandado embora de Forte Olimpo pelo Rev. Moon.

O Verdadeiro Pai me pediu para chamar 11 capitães em Salobra e trazê-los para Forte Olimpo. Eu estava tentando trazê-los para Forte Olimpo, então como eu poderia voltar e dizer que fui expulso de lá? Eu também não queria falar mal do Rev. Moon porque eu sabia que ele não era culpado dessa falta de comunicação.

Quando o Rev. Moon chegou a Forte Olimpo e soube que eu tinha ido embora, Ele pediu "Vão atrás dele, pali pali (rápido, rapido)” e em seguida eu me encontrava novamente no barco com o Rev. Moon.

Isso aconteceu várias vezes. Os líderes me mandavam embora, mas eu sempre dava um jeito de avisar o Rev Moon, deixando um sinal para Ele saber onde eu estava. Dessa forma, o Verdadeiro Pai sempre saberia onde eu estava e pedia para me chamar. Outros piloteiros também sempre diziam a Ele meu paradeiro, e que se o Rev. Moon precisasse de mim, Ele poderia simplesmente me chamar e eu iria. Muitas pessoas olham para isso e pensam que foi fácil, mas não foi.

A essa altura, eu já estava acostumado com alguns líderes me mandando embora. Eu dizia a eles: “Eu sou como um bumerangue; cuidado com a cabeça, porque eu vou voltar.”

Senti que meu coração estava conectado ao do Verdadeiro Pai e, em meu coração, queria que Ele soubesse que podia contar comigo para qualquer coisa. Eu sabia disso, o Verdadeiro Pai sabia disso, mas eles me mandaram embora várias vezes. Eu usava barcos, ônibus e pegava carona para voltar para onde o Verdadeiro Pai chamava.

No final de 1998, depois de ser mandado embora novamente, recebi uma mensagem da Sra. Leia, secretária do Hotel Salobra, para ir ao Uruguai. Ela disse: “Onde você está? O Sr. Yoon ligou perguntando por você. Ele quer que você vá para o Uruguai. O Verdadeiro Pai está chamando você para ir lá.”

URUGUAI

Eu disse: O que? Uruguai?" Isso foi diferente. Eu tinha acabado de chegar no Hotel Salobra com minha esposa. Ela disse: “Nossa, você acabou de chegar, mas já vai viajar no mesmo dia?” Eu disse que sim, tirei suas coisas da mala e coloquei minhas coisas.

Perguntei à Sra. Leia: “E eu? Para onde vou?”

Ela respondeu: “Vá para Jardim. O Sr. Armando irá levá-lo para Bela Vista no Paraguai onde o Sr. Futoshi está esperando por você. Você e Futoshi irão juntos.” Futoshi Hirano me levaria porque eu não sabia de nada.

Então fomos para Assunção e de lá pegamos o avião para o Uruguai. Assim que cheguei, me perguntei: “O que vou fazer aqui?” Chegamos à noite em uma casa em Punta del Este. A Sra. Woon Ju nos recebeu do lado de fora, dizendo: “Que bom que vocês estão aqui. Vamos ficar juntos por dois meses.”

Eu disse a Futoshi que não entendia inglês, mas entendi muito bem que a Sra. Woon Ju havia dito algo há cerca de dois meses. Futoshi respondeu: “Sim, ela disse dois meses, mas eu não trouxe nenhuma roupa”. “Eu também não trouxe muitas roupas e trouxe apenas dois pares de calças. O período de dois meses nos pegou de surpresa”.

Entramos na casa, e então o Verdadeiro Pai estava lá. O V. Pai perguntou: “O que você acha disso aqui?”

Eu respondi: “Muito bom, o Senhor me deu três presentes: viajar de avião, conhecer outro país e ver o mar. Eu só vi o mar de longe, mas eu vi.”

Antes sempre almoçávamos no barco em Salobra e Nabileque, mas agora estávamos em uma casa com os Verdadeiros Pais, e estou muito feliz por estar aqui. Todos estavam felizes e rindo. Foi então que comecei a participar da condição de pesca da corvina negra no Uruguai.

A condição duraria dois meses, de dezembro a janeiro. Pescávamos corvina negra usando 33 varas de pesca. Esta foi uma condição para unir a América do Norte e do Sul.

A benção de 360 ​​milhões de casais foi concluída em três etapas. Os primeiros 120 milhões foram concluídos em Salobra. Os segundos 120 milhões foram concluídos em Nabileque. Os últimos 120 milhões foram concluídos em Punta del Este, no Uruguai, para conectá-lo ao oceano. No Uruguai, houve a declaração vitoriosa do Dia de Deus em 1999 e dos 360 milhões de casais.

A princípio, o Verdadeiro Pai pescava na lagoa atrás da casa. Usamos um barco de alumínio de cinco metros com remos, e só mais tarde foi comprado um pequeno motor de 3HP. Foi nessa época que li pela primeira vez o Princípio Divino. Ia mergulhar na lagoa ao amanhecer e pescar à noite com o Verdadeiro Pai. Poucas vezes fui à praia de Punta del Este, onde estava sendo feita a condição de corvina negra.

Terminada a condição de corvina negra, voltamos para Jardim e depois voltamos para Forte Olimpo, indo e voltando constantemente entre Salobra e Forte Olimpo (Nabileque). Naquela época, o Verdadeiro Pai sabia que a rendição de Satanás estava próxima.

SATANÁS

O Verdadeiro Pai sabia que Satanás precisava se render e que Ele tinha que libertar Lúcifer. Os anjos são "Ciência Pura” - porque eles ajudaram Deus a construir o universo, eles dominaram a ciência. Mas quando Lúcifer se tornou um mestre dos seres humanos, ele nunca passou a ciência para a humanidade e os tratou como animais, controlando-os.

Então, como um homem foi capaz de construir coisas? É porque assim como o Messias vem para libertar o espírito, também houve aqueles que lutaram e evoluíram no campo da ciência. Mas Satanás finalmente sempre domina a criação do homem, enquanto estamos sob seu domínio. Para um homem realizar algo para Deus, ele precisa estar fora do domínio de Satanás.

Deus teve domínio sobre muito poucas pessoas na história, e pessoas como figuras centrais são muito raras. Deus tem esse tipo de pessoas, Satanás as tem e os anjos as têm. Eles continuam procurando por suas figuras centrais. É uma guerra entre o bem e o mal.

Se você olhar para o conceito de uma figura central da perspectiva da ciência, uma das figuras centrais científicas do lado de Deus nesta época seria Nicolas Tesla, que muitos chamavam de louco, mas encontrou uma maneira de não ser influenciado pelo negativo e mundo pecaminoso. Ele usou os números três, seis e nove. Foi como ele calibrou sua frequência para sentir a essência de Deus através da ciência. Por meio dele, bons anjos o acessaram, guiaram e o inspiraram a fazer coisas boas.

Embora Satanás possa ter domínio sobre uma pessoa, o ser humano tem a capacidade de encontrar uma saída de seu domínio. Isso ocorre porque o ser humano está sempre procurando por Deus - às vezes, no entanto, uma pessoa é atingida por Satanás com tanta força que é consumida em seu domínio.

Por que Satanás está condenado a perecer? Para ser destruído? É porque Satanás odeia a humanidade. Ele tem domínio sobre a humanidade, mas ele os odeia. Deus é o pai do homem enquanto Satanás é um mestre. Naturalmente, o homem buscaria a Deus e negaria Satanás, e Satanás também nega a humanidade porque só quer dominá-la. Satanás gosta de pessoas que têm poder, beleza, pessoas que dominam como ele. Devemos entender Satanás, quem ele é e seu comportamento.

Quando aconteceu a Bênção de 360 ​​milhões de casais, Satanás viu que seus dias estavam contados. Como era dotado de inteligência, sabia que se não superasse seu orgulho, seria doloroso para ele - pela dor e peso de sua “consciência”.

O VERDADEIRO PAI FALOU DE JESUS

Quando o Verdadeiro Pai retornou ao Pantanal no início de 1999, Ele sabia que havia um esforço de mobilização sendo feito no mundo espiritual pelo Dr. Sang Hun Lee. O Verdadeiro Pai então falou de Jesus, que detinha a chave da providência espiritual no Pantanal.

Jesus não pode encontrar um lugar neste mundo para se esconder do dia da crucificação. Jesus não quer se lembrar deste dia. Deus não quer se lembrar disso. Se as pessoas realmente sentissem o coração de Deus e Jesus, elas não procurariam mais se lembrar de um dia assim.

Quando o Verdadeiro Pai falou sobre isso, lágrimas fluíram de Seus olhos, e enquanto Ele falava, você podia sentir o coração de Jesus. Devemos nos concentrar no Coração de Jesus, não no que Ele passou - a humilhação de ser açoitado e crucificado - mas a humanidade continua reproduzindo e lembrando disso todos os anos. Se as pessoas entendessem o coração de Jesus, elas nunca fariam tal coisa novamente.

JESUS ​​GUIOU SATANÁS

Durante o período entre 21 de março e 14 de maio de 1999, quando ocorreu a subjugação natural de Satanás e a libertação de Lúcifer, Jesus sempre esteve presente.

O Verdadeiro Pai queria surpreender Deus, e a única maneira de fazer isso era libertar Lúcifer. Se Ele libertar Lúcifer, então Ele também pode libertar Deus. E Ele trabalhou com Jesus para realizar isso.

Em 21 de março, Satanás caiu no Salobra. E ele caminhou como um “homem” ao longo do rio. Eu estava pilotando o barco ao longo do rio com o Verdadeiro Pai e o Pr. Kim no barco. Em um ponto, o Verdadeiro Pai disse para parar o barco na margem do rio. Então eu vi uma pessoa espiritual embarcar no barco. Eu sabia que este era Jesus por causa do meu encontro espiritual anterior com ele. Então sai com o barco para o meio do rio. Eu vi que o Verdadeiro Pai e Jesus tiveram uma rápida reunião no barco, onde Satanás não podia ver. Em poucos minutos, o Verdadeiro Pai me disse para voltar à margem do rio, e quando cheguei à terra, Jesus desembarcou.

Jesus estava realmente observando Satanás andar, guiando-o em direção ao Nabileque. Uma coisa importante a entender é por que Jesus guiou Satanás de Salobra ao Nabileque.

ENCONTRO NO PARAÍSO

Deus ainda não pode vir à Terra porque ela ainda é dominada por Satanás. Além disso, Satanás também não pode ir para o céu. Então, como eles puderam se encontrar no Hotel Americano do Nabileque?

A chave para entender isso é Jesus. Segundo a Bíblia, quando Jesus morreu na cruz e não pôde entrar no Céu, Ele abriu o Paraíso. Com Ele, Ele também levou o ladrão porque aquele ladrão havia se arrependido e reconhecido Jesus como Cristo com um coração sincero. Jesus entendeu aquele coração e levou aquele homem para o Paraíso.

Durante o período entre 21 de março a 13 de maio, Jesus guiou Satanás de Salobra a Nabileque. Assim como Jesus reconheceu o coração de arrependimento do ladrão na cruz, Jesus estava procurando o coração sincero de arrependimento de Satanás. Desta vez, Satanás foi o ladrão que roubou a humanidade de Deus, e ele precisava se arrepender.

Quando Jesus observou Satanás de Salobra ao Nabileque, Ele viu que Satanás se arrependeu sinceramente. É por isso que Ele guiou Satanás para o Hotel Americano. Inicialmente, Satanás estava no banheiro do quarto 14. Mas quando Satanás saiu do banheiro, ele foi levado para outro lugar, para o nível do Paraíso.

Este foi o lugar onde o encontro de Deus, o Verdadeiro Pai e Lúcifer ocorreu em 14 de maio de 1999. Não era apenas Lúcifer que seria libertado, mas também Deus. O verdadeiro propósito era libertar Deus e o Cosmos.

O importante é o nível em que se encontra o Hotel Americano. Eleva-se sobre pilares de madeira e está simultaneamente na Terra e nas Águas do Pantanal. Água salgada, água doce - está tudo lá. Quando ele está elevado naquela planície e você olha pelas janelas, é como se você estivesse olhando para pinturas vivas e pudesse ver a vida do Pantanal. Era tão bonito lá.

Por 2.000 anos, Jesus preparou este lugar em segredo, mesmo sem que Deus soubesse o que estava planejando. Esta é uma das razões pelas quais o lugar do nível do Paraíso foi criado. Foi para que quando Lúcifer fosse subjugado, ele teria uma maneira de poder retornar à posição original.

BARCOS CHEGARAM AO PANTANAL

A Arca de Noé era o único domínio de Deus na época de Noé. E assim os barcos representavam o domínio de Deus. É onde Satanás não tocou e não pode ver. É por isso que o Verdadeiro Pai realizou a providência espiritual nos barcos. Ele salvou os criminosos do Inferno e os abençoou em um barco. Ele também se encontrou com Jesus no barco.

Quando o Verdadeiro Pai separou as duas providências do Jardim e do Pantanal em 1997, Ele imediatamente pediu que dois barcos fossem enviados da fábrica de New Jersey para o Pantanal. Esses barcos passavam por Jardim, Salobra e depois para Nabileque. O verdadeiro caminho foi, Jardim, Salobra, e depois Corumbá, que é um porto, e depois desceram o rio Paraguai até Forte Olimpo.


O que esses dois barcos representavam? O Verdadeiro Pai disse que esses barcos representavam o ato de trazer as bênçãos da América do Norte para a América do Sul. Eles representavam as bênçãos físicas e espirituais. O Verdadeiro Pai sempre disse que primeiro é preciso consertar o mundo espiritual e depois o mundo físico.

As bênçãos em forma de barcos chegavam ao Pantanal por terra, água e ar. Dois barcos foram enviados dos Estados Unidos por reboques puxados por caminhonetes. Dois barcos passaram pelo mar do Caribe. Outros dois barcos vieram em um navio porta-contêineres, que representava o ar. Os barcos deveriam vir da Coréia, mas por causa de um problema na Coréia, essa responsabilidade foi transferida para os Estados Unidos. Ouvi dizer que antes a Providência Substancial e Espiritual ficavam no Texas e em Kodiak, no Alasca. Então, ela foi transferida para o Brasil.

Ouvi dizer que o Verdadeiro Pai enviou barcos para 160 nações ao redor do mundo. Os países que receberam esses barcos seriam abençoados.

Quando o Verdadeiro Pai esteve aqui, Ele falou muito sobre o Alasca. Não ouvi muito sobre Jardim ou outras providências americanas, mas ouvi muito sobre o Alasca. Eu ouvia porque é a minha área - o Pantanal, pesca, barcos, mar, água - essas eram as coisas que eu ouvia e ouvi muito do Verdadeiro Pai.

Aqueles que estão perto do Alasca, por favor, vão para o Alasca - lá mora o fantástico Espírito do Alasca. O Verdadeiro Pai me convidou para o Alasca uma vez, mas na época a mensagem não havia chegado até mim. O Verdadeiro Pai me perguntou por que eu não fui para o Alasca e eu disse a Ele que ninguém havia me comunicado.

Ele disse: “Ok, mas no futuro, você tem que ir”. Eu disse: “Sim, eu vou”. Sinto que devo ir ao Alasca nem que seja para colocar os pés e em seguida voltar. Há dois anos, jovens americanos vieram ao Pantanal e um deles era do Alasca. Dessa pessoa, senti o espírito do Alasca.

Aqui no Pantanal faz muito calor. O Verdadeiro pai explicou que existe um espírito quente e um espírito frio, representando o norte e o sul, e que esses dois devem se unir. Naquela época, o Verdadeiro Pai ia e voltava entre o Alasca e o Pantanal. Os barcos enviados para cá, disse Ele, são as bênçãos da América do Norte sendo trazidas para o sul.

Hoje, há muitas pessoas reconhecendo a Providência Oceânica. Esta é a primeira Providência de Deus depois da família de Adão e será a última. O Verdadeiro Pai disse que a Providência da Água é a única coisa que deve ser completada, que deve ser reconhecida e conectada porque guarda o caminho para a vitória absoluta.

Sempre que começo a falar sobre barcos e explico o quanto eles são importantes, as pessoas ficam arrepiadas querendo ter um, mesmo quando não têm condições de comprar um. Cada família tem que ter um barco da Providência Oceânica.


O Verdadeiro Pai passou Sua vida pescando para acabar com a fome no mundo, para treinar e ensinar as pessoas a serem fortes, mas por que ninguém mais está fazendo isso? Apenas algumas pessoas estão fazendo isso. Você deve entender o significado disso, você precisa ver o quadro completo. O Verdadeiro Pai deu bênçãos, falou com presidentes, líderes nacionais, mas antes de tudo isso, Ele estabeleceu condições para que tudo isso acontecesse, para deixar acontecer tudo o que aconteceu.

Ele foi pescar, mas não era apenas um hobby - por favor, entenda a essência da Sua motivação. Ele falou várias vezes sobre barcos. Quando chegaram os dois últimos barcos da frota de oito, adaptados para o Pantanal, Ele olhou para o barco e os acariciou. Quando testamos o barco, ele me perguntou o que eu achava do barco, e eu disse: “Nossa, é leve, mais versátil, fácil de manobrar, melhor para navegação e, consequentemente, mais econômico”.

O Verdadeiro Pai então disse: “Isto é perfeito”. Ele chamou o barco de perfeição. Não era o barco em si que era perfeito, mas sim a situação que já havia atingido a perfeição. Ele acariciou o barco, olhando dentro do barco e ao redor do barco. Ele disse que uma família pode sobreviver neste barco por mais de 40 dias.

Por favor, ouça o que Ele disse. Ele disse que uma família pode “sobreviver” por 40 dias neste barco, como no tempo em que a família de Noé sobreviveu na Arca por 40 dias do dilúvio. Ele não disse que eles podem se divertir. Ele disse que este barco não pode afundar. Devemos nos concentrar no significado dessas palavras. Eu vi uma foto de um barco que o Verdadeiro Pai construiu onde o barco foi cortado ao meio, mas não afundou. Tendo ouvido falar disso e pilotando este barco, eu chamo este barco de “salva-vidas”.

UM NOVO COMEÇO NA NAÇÃO DO PANTANAL

O Verdadeiro Pai disse que quando Ele veio ao Pantanal, Deus veio com Ele. Ele explicou que a humanidade tem que retornar à Origem, aos tempos primitivos, e aqui no Pantanal, Ele encontrou um lugar antes da criação do homem, um lugar primitivo, um lugar original que era puro e ainda não havia sido tocado pelo homem.

O Verdadeiro Pai chamou este lugar de Campo Sagrado Original, Campo Sagrado Raiz e Campo Sagrado da Vitória. Por que Ele fez isso?

É porque foi aqui que Lúcifer foi libertado e Deus foi libertado, e assim o estado original do Jardim do Éden foi espiritualmente restaurado. Voltamos ao estado “Original”, o estado intocado e primitivo, e é por isso que este lugar é o Campo Sagrado Original. E a parte espiritual, a parte invisível é a “Raiz”. Raiz também simboliza Deus. Desde que Deus foi liberado aqui, a providência espiritual foi completada aqui, e porque este lugar é a Origem do Céu, este lugar é a Raiz do Campo Sagrado.

O que deve sair depois da Raiz, a parte invisível? A parte substancial, a parte visível, deve sair da Raiz. Isso ainda não está concluído. Deus, ou a Raiz, foi liberado na providência espiritual. Mas a Árvore que simboliza a parte visível, substancial, deve ser completada em seguida. Essa providência substancial é a providência para libertar toda a humanidade e, ao fazê-lo, uma vila ideal, o verdadeiro Jardim do Éden, e uma nação devem ser restauradas.

Jardim era para ser uma Vila Ideal, todos sabem disso porque o Verdadeiro Pai queria construir uma nação. Mas quando surgiram problemas em Jardim, o Verdadeiro Pai rapidamente separou a Providência de Jardim da Providência do Pantanal e enviou os messias nacionais direto para o Paraguai.

Os messias nacionais passaram por Salobra e foram direto para Forte Olimpo, no Paraguai. Só começou aqui - enquanto havia seminários de quarenta dias em Forte Olimpo, não haviam seminários de quarenta dias em Jardim. Ele rapidamente transferiu para o Forte Olimpo. Quando o Verdadeiro Pai separou a Providência, Ele já havia feito algo que as pessoas não sabiam. O Pantanal do ponto de vista providencial é um lugar e uma terra onde Deus pode vir.

Naquela época, o Verdadeiro Pai estabeleceu uma Nação do Pantanal simbólica. Uma vez o Verdadeiro Pai me pediu para guiar representantes das Nações Unidas ao Pantanal depois de terem passado por Jardim. O Verdadeiro Pai queria que eles vissem o Pantanal porque o Verdadeiro Pai queria estabelecer uma nação aqui.

Deus não poderia simplesmente morar em qualquer lugar - Ele tinha que estabelecer uma nação. Esta Nação precisa existir, e assim o Verdadeiro Pai estabeleceu a Nação Pantanal - é o núcleo da Providência, e Ele precisava reiniciar a Providência Oceânica lá também. Quando Satanás foi subjugado e Lúcifer e o cosmos foram libertados, tudo começou. Foi um novo começo.

A Nação do Pantanal foi o início da nova Providência Oceânica, e tudo aqui foi transferido da América do Norte. Então o número 360 dos 360 milhões de casais, é cerca de 360 ​​graus e o número do Retorno, de um novo começo, de voltar ao ponto de partida.

Como começamos a Nação do Pantanal? Mais uma vez, digo que precisamos abrir nossos corações. O fundamento da Nação pantanal é abrir nossos corações e se unir a Deus e retornar ao estado puro na época do Jardim do Éden.

SITUAÇÃO DO PANTANAL

O que está acontecendo atualmente aqui nos Campo Sagrados é uma coisa muito difícil - o Verdadeiro Pai me pediu para fazer uma promessa para Ele de nunca sair do Pantanal, mesmo com o risco da minha vida. não importa como,tenho que ficar e proteger estes Campos Sagrados, portanto, não importa quão difíceis sejam as circunstâncias, eu não posso sair daqui, e eu devo ficar, não importa o que aconteça. Eu prometi ao Verdadeiro Pai, então devo cumprir essa promessa mesmo com o risco da minha vida.

Meu medo é pelas famílias abençoadas em todo o mundo - elas seriam capazes de entender o que realmente aconteceu?

É realmente muito difícil para as pessoas entenderem a importância desses Campos Sagrados e dessa providência. Embora muitos dos seguidores do Rev. Moon tenham visto como Ele foi humilhado, torturado e Sua imagem destruída, alguns ainda estão fazendo coisas negativas hoje.

O Princípio Divino fala muito sobre o mundo espiritual, mas as pessoas não levam isso a sério. Eles apenas falam pela boca, mas nunca tentam entender completamente o que aprendem e falam. Eles dão testemunho do Messias, mas nem mesmo conhecem a essência do Messias de quem testificam. Eu não tenho que dar testemunho do Messias ou falar dele, não, eu tenho que me tornar como essa pessoa. Eu não posso me corromper. Não consigo pensar em mim.

Eu realmente e absolutamente amo o Pantanal. Até hoje, não consigo entender o que eles estão fazendo - hoje, eles não tentam mais preservar os campos sagrados, como se isso não importasse mais. Por favor, não vá para as terras sagradas para fazer coisas ruins ou erradas. É perigoso.

O Pantanal não faz parte desse curso de 40 anos, mas por que tem tantos problemas como vemos? É porque as terras estão ligadas - estão em nome da igreja, da associação, então está sob o domínio deles e está ligado aos problemas de Jardim. Ao longo desse curso de 40 anos, algumas pessoas ficaram cegas, incapazes de se libertar e, apesar de serem cegas, acham que estão fazendo a coisa certa.

Há muitos que estão fazendo a coisa certa, mas muitos não estão, e por causa disso, as coisas não estão bem aqui. Se as pessoas se unirem com o Pantanal, com Salobra e Nabileque, então em sete anos essa Providência será poderosa, bem sucedida - eu posso prever isso.

Tudo o que está acontecendo no mundo hoje está relacionado ao Pantanal. Se as pessoas não reconhecerem a Providência do Pantanal e decidirem vender essas Terras Sagradas, coisas terríveis continuarão acontecendo no mundo em relação à água e ao fogo. Isso é muito sério.

Muita coisa aconteceu e está acontecendo aqui no Pantanal, mas tudo é fácil de entender se você ficar aqui e se concentrar em aprender esta Providência. Você vai entender.

O Verdadeiro Pai disse que ninguém entende que o Pantanal é uma Nação, mas no futuro, eles entenderão que é a Nação de Deus. A esperança de Deus para a humanidade recomeçará aqui.

“VOCÊ DEVE LEVAR O CORAÇÃO COM VOCÊ”

Temos muitos problemas aqui no Pantanal e na providência substancial. Expliquei que o Nabileque, o Campo Sagrado ao qual o Verdadeiro Pai dedicou grande parte de Sua vida, foi saqueado e queimado. O Verdadeiro Pai disse que este local é a Origem do Céu.

O Verdadeiro Pai me deu esta Missão: Proteger o Porto, o Portão e o Coração. Ele me disse: “enquanto você pode mudar a localização do porto e do portão, você não pode mudar o Coração – você deve levar o Coração com você”.

Eu entendo que o Porto significa o local, o Portão significa o método e o Coração significa a Meta da Providência de Deus. Imagine, temos um destino no exterior para onde queremos ir. Viajaríamos pelo oceano e chegaríamos a um porto. Passaríamos então por um portão, por onde entraríamos naquela nação ou cidade. Então finalmente chegamos ao destino. Assim, em qualquer coisa que fazemos, temos um Coração, que é o destino ou um objetivo, e o local e o método para alcançar esse objetivo.


Embora o Verdadeiro Pai tenha me dito para proteger o Porto, o Portão e o Coração, Ele também me disse que o Porto e o Portão podem ser mudados, enquanto que o Coração nunca pode ser mudado. Eu realmente espero poder proteger tudo o que o Verdadeiro Pai fez aqui no Pantanal... No entanto, se necessário, o Porto e o Portão podem precisar ser mudados. Mas o Coração, eu nunca posso abandonar. É o Coração do Verdadeiro Verdadeiro Pai, que desejou estabelecer uma nação substancial no Pantanal onde Deus pudesse finalmente residir em paz.

Se você quer estudar a providência do Pantanal, uma forma de estudar essa Providência é ficar no Pantanal porque aqui existe essa energia, essa frequência e vibração - o Pantanal está vivo - é um espírito. Sempre falei coisas como: “Sou Salobra”, “Sou Nabileque” ou “Sou Pantanal”. Eu tenho o Espírito do Pantanal, e sempre que digo isso aqui, posso sentir.

Espero que as pessoas voltem para receber este Espírito do Pantanal e que seus olhos possam realmente ser abertos. Eles devem receber este Espírito.

Por favor, pense sobre esta Providência. Por favor, continuem a apoiar estes Campos Sagrados. Este é o lugar onde você pode herdar o fundamento da providência espiritual dos Verdadeiros Pais. Continuarei a falar sobre este lugar porque esta é a maneira que encontrei para expressar o Coração e testemunhar o Verdadeiro Pai, daqui.

Sou Salobra, sou Nabileque, sou Pantanal, a Providência do Pantanal - a Providência Oceânica...

Peter Paulo Alves Pinheiro

peter.nab@hotmail.com


527 views0 comments

Recent Posts

See All

Σχόλια


bottom of page